jump to navigation

1º DE MARÇO – ANIVERSÁRIO DO RIO DE JANEIRO fevereiro 27, 2010

Posted by Carlos Barreto in Devocionais, Eventos, Fotos, Graça, Música, Vídeos, Vida.
add a comment

Leblon e Jóquei, vistos do alto do Corcovado

AMOR PELO RIO

Entre o mar e a montanha,
meu coração de menino
passeia uma emoção suburbana,
um aroma de quintais.
Entre a montanha e o mar,
meu coração de rapaz
leva o sorriso das moças
e a memória generosa
dos amores.
Entre o azul das águas
e o verde das matas,
meu coração de velho
bate suave, terno
e ainda encantado
de amor por minha cidade.
Criança, jovem, idoso,
meu Rio me renova,
a cada dia,
num milagre permanente
de luzes, sons e cores.
Que bom poder dizer:

Sou carioca! 

Anúncios

PRECISA-SE DE UM AMIGO fevereiro 27, 2010

Posted by Carlos Barreto in Evangelho, Graça, Reflexões, Vida.
add a comment
 
PRECISA-SE DE UM AMIGO

Não precisa ser homem, basta ser humano, ter sentimentos.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem imprescindível, que seja de segunda mão.

Não é preciso que seja puro, ou todo impuro, mas não deve ser vulgar.

Pode já ter sido enganado ( todos os amigos são enganados).

Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários.

Deve gostar de crianças e lastimar aquelas que não puderam nascer.

Deve amar o próximo e respeitar a dor que todos levam consigo.

Tem que gostar de poesia, dos pássaros, do por do sol e do canto dos ventos.

E seu principal objetivo de ser o de ser amigo.

Precisa-se de um amigo que faça a vida valer a pena, não porque a vida é bela, mas por já se ter um amigo.

Precisa-se de um amigo que nos bata no ombro, sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo.

Precisa-se de um amigo para ter-se a consciência de que ainda se vive.

( Carlos Drummond de Andrade )

ENCONTROS & REENCONTROS fevereiro 21, 2010

Posted by Carlos Barreto in Devocionais, Evangelho, Graça, Música, Reflexões, Vida.
2 comments

A vida é um caminho de ENCONTROS, DESENCONTROS E REENCONTROS.

É assim o tempo todo.

O significado de cada um destes momentos depende de cada um de nós, pois, o direito de escolha é um privilegio que o Eterno nos concedeu.

Nada é imperdivel senão o que cada um de nós decide que é imperdivel.

Cada um de nós decide, segundo seus interesses, situações e circunstancias pessoais, familiares, sociais, crenças, o que é imperdivel ou inegociável.

Claro, há aquelas obrigações e responsabilidades que fazem parte da agenda de cada ser humano.

Sim, obrigações, deveres, direitos e responsabilidades que são pertinentes à existencia de uma pessoa de bem.

Ninguém, a não ser cada um de nós, segundo a liberdade que cada um temos de escolha, deve nos dizer o que é imperdivel em nossas vidas.

Bem, só quero lembrar que DOMINGO as 19:30 nos encontraremos para um tempo, que tem sido bom pra quem tem escolhido estar juntos.
Rua: Virtude 60 – Centro – Mesquita .

Bjs

BOA VIAGEM E BOM DESCANSO!!! fevereiro 9, 2010

Posted by Carlos Barreto in Devocionais, Evangelho, Graça, Reflexões, Vida.
add a comment

Pernas pro ar e descanso merecido - Foto: Anizio Silva 

 Queridos no Caminho,

 Paz & Bem na vida de voces ! !

No proximo domingo dia 17 de fevereiro nao havera encontro na Estaçao,

 nos encontraremos no dia 21 de fevereiro as 19:00h.

 Boa viagem e bom descanso!!!

Beijao,

 Turma do Caminho Mesquita -RJ

VERÃO, ALEGRIA E SANTA FOLIA!!! fevereiro 7, 2010

Posted by Carlos Barreto in Devocionais, Evangelho, Geral, Graça, Reflexões, Vida.
add a comment

Sol, calor, alegria e santa folia 

Fim de semana chegou e, se voce ficar por aqui
 
Se voce não está comprometido com uma comunidade.
 
Se não agendou nada com a familia ou amigos.
 
Se entender que deve compartilhar a vida, sua vida com outras pessoas, sinta-se convidado a participar  neste domingo 07/02 às 19:00h do nosso encontro comunitáriona Rua Virtude 60 – Centro – Mesquita.
 
 
Voce, sua familia e amigos sao benvindos entre nós, alias, sempre que voce chega é festa.
 
Não se sinta só, tem sempre portas aberta, Amigos e irmãos.

Graça, paz & bem.
 
Bj.

O DEUS DA GRAÇA E A GRAÇA DE DEUS fevereiro 4, 2010

Posted by Carlos Barreto in Devocionais, Evangelho, Graça, Reflexões, Vida.
add a comment

jump to navigation

operacaoresgate-papeldeparede

 
… pelo precioso sangue, como de Cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, ANTES da fundação do mundo, porém manifestado no m dos tempos, por amor de vós…Primeira Epístola do Apóstolo Pedro 1:20
 
 
As Escrituras revelam que houve Redenção de toda a Criação antes de qualquer coisa ter sido criada, pois o Cordeiro de Deus foi sacrificado antes da fundação do mundo. Então, toda a criação é graça divina, posto que NADA é sua própria causa, visto que tudo procede de Deus e nada O precede. Se nada havia, então tudo o que há é Graça. Pois, se o que não É passa a SER por um ato de vontade de Quem É, então, tudo o que daí decorre é Graça, pois somente a Graça fornece o material que a inexistência necessita para existir: Amor doador e criativo.  

Deus é Amor porque Amar é a Sua Vontade Essencial de Ser e Criar. Amor é o motor de qualquer existência. Amor é o mantenedor da vida. Nenhuma energia vibrou no Cosmos antes do Amor. O Universo, portanto, é um derrame cósmico de Graça!

E se a Criação evoluiu para complexos estágios de desenvolvimento e diversidade, mesmo isso é Graça aos olhos de quem crê que há um Ser Criador e Mantenedor de tudo que há — a Pessoa que é Deus de Eternidade a Eternidade — o Senhor.

Aliás, um Deus que não fosse Graça não criaria coisa alguma, pois o ato de chamar à existência aquilo que não existe para que venha a existir é uma decisão de Favor, visto que Deus não criou para se fazer acompanhar no Universo.

Afinal, um Deus que se entrega como garantia de Sua própria criação antes de realizá-la é mais multiforme em Seu Amor do que se pode imaginar, assim como chocantemente diversas são as criaturas que fez e as inconcebíveis variáveis de todos os Seus atos criadores.

Se a Graça vem antes de tudo — o Cordeiro imolado antes da criação do mundo —, então pode-se ver nas variedades da criação uma analogia da multiforme Graça de Deus, que se faz crescer em adaptabilidades infindas, posto que a Forma não é a Vida, porém a Vida tem muitas formas e evolui de modo pertinente ao crescimento da vida.

Os aplicativos da Graça em relação aos homens são, no mínimo, tão variados quantas são as variedades das criaturas criadas.

Caio

|O Caminho da Graça para Todos