jump to navigation

CAFÉ DA MANHÃ – HOMENAGEM AOS PAIS julho 31, 2014

Posted by Carlos Barreto in Geral.
add a comment

Amigos1

Aos de Amigos & irmãos…
Venha e comemorar o dia dos pais conosco!
Venha… venha com fé e com alegria! E vamos juntos, desfrutar do banquete da Vida! Pois para quem iremos?! É verdade! Para quem iremos à busca da Vida?! “Só em Ti, Senhor, há Vida Verdadeira… E só de Ti recebemos Vida… E só contigo aprendemos a repartir vida!”
Celebração da Ceia do Senhor dia 10 Agosto às 9h da manhã na Rua Virtude 60 – Centro – Mesquita.
Traga algo gostoso para compor a mesa do café da manhã ( frutas, pães, biscoitos, sucos, frios, bolos etc..)
Para mais Informações: e-mail cambrj@ig.com.br
Traga alguém com você…
Te aguardamos!

Anúncios

Nossos Encontros… julho 28, 2014

Posted by Carlos Barreto in Geral.
add a comment

Nossa expectativa a cada encontro é nos reunirmos com alegria, singeleza e amor sincero que liberta. Além disto, neste período cantamos, nos alimentar da Palavra e assim voltar aos nossos dia a dia repletos de Novidades para contar ao mundo.
Em geral nossos encontros duram aproximadamente 01h40 e neste período aproveitamos este tempo da maneira mais coerente possível. São comuns em nossos encontros a expressão de cânticos, poesias, reflexões, orações, ceias, batismos, pregação da Palavra e tudo o mais que puder ser proveitoso à edificação conforme a Verdade em Amor.
Nossos encontros regulares acontecem todos os domingos às 19:30h da Noite na Estação do Caminho da Graça
A Estação do Caminho da Graça fica na rua Virtude nº 60 – Centro – Mesquita – RJ.
Eventualmente nos reunimos em outros locais, dias e horários. Assine aqui e receba nossas atualizações.
Vem e vê!

Servimos uns ao outros – Nosso ministério julho 28, 2014

Posted by Carlos Barreto in Geral.
add a comment

Como servimos uns aos outros….

verdadeiro pastor cuida, não domina; ajuda, não controla; alimenta, não explora; só se faz notado em caso absolutamente necessário; e deixa a porta aberta, de tal modo que todos entram e saem e acham pastagem.

A analogia do Bom Pastor em João 10, todavia, é perfeita no seu todo apenas em relação a Jesus, e a mais ninguém. Isto porque em relação a Jesus todos nós somos apenas ovelhas do rebanho. Porém, em relação a nenhum “outro pastor”, nós devemos ser “ovelhas do rebanho”; posto que ser ovelha de Jesus já nos põe na condição de só ouvir a voz de um homem se ela for de acordo com a Voz do Único Pastor; do contrário, a ordem de Jesus é para não “seguir a voz do estranho”, pois somos o Rebanho de Deus.

Portanto, o verdadeiro pastor de homens é apenas mais um do rebanho único, sendo somente uma ovelha que já se deixou ensinar um pouco mais pela voz do Único Pastor. É na Sua fidelidade e reconhecimento à Voz do Pastor que ele se qualifica para ser pastor entre ovelhas, pois, conforme Pedro, ele se torna “modelo do rebanho”. Assim, é o caminho da ovelha seguindo o Pastor, o que a torna uma ovelha-pastor; visto que seu passo e obediência estabelecem referência para as demais.

Jesus tirou as roupas de cima e se cingiu de uma toalha e passou a lavar os pés dos discípulos. Sim, porque liderar é, sobretudo, poder lavar pés e servir em nudez. Na realidade, além de tudo o que o gesto de Jesus ensina, nele também vemos o modelo existencial do significado da liderança: O líder serve em revelação de sua humanidade. E os liderados são servidos aceitando a humanidade de quem lidera servindo de modo humano. E Jesus disse a Pedro que ou seria assim, ou Pedro não teria parte com Ele!

Somente quando os líderes tiverem a coragem de fazer como Paulo e Barnabé, que rasgaram as roupas e expuseram sua nudez quando foram chamados de “deuses”, é que aqueles que crerem no que as lideranças disserem, não ficarão ainda mais adoecidos de idolatria.

No Caminho temos buscado diante de Deus e conforme o Evangelho, quebrar paradigmas totêmicos e caminhar conforme a Verdade e a Vida, em Quem “Caminho” é apenas um nome da jornada de fé.

(mais…)

MANDAMENTOS DO REINO DE DEUS julho 15, 2014

Posted by Carlos Barreto in Geral.
add a comment

Mandamentos do Reino de Deus

1º – Ama a Deus de todo o teu coração, com todo o teu entendimento, com toda a tua alma, e adora-o em espírito e em verdade; e não procures saber com tua a mente como e quem é Deus, mas apenas segue a Jesus, pois eis que Nele Deus está revelado.

2º – Ama a teu próximo como tu amas a ti mesmo, e faze sempre antecipadamente por ele todo o bem que desejas que façam a ti em qualquer situação da vida.

3º – Jamais atribuas ao mau ou ao diabo bem nenhum que vejas acontecer na Terra, apenas porque achas que os modos da Graça divina ti são desconhecidos, para que não sejas apanhado infamando as obras do Espírito Santo. Nem mesmo faze tal juízo no segredo de teu coração.

4º – Santifica Deus em amor em teu ser todos os dias, para que todos os dias sejam Sábado de paz e misericórdia no calendário de teu coração; e, assim, santifiques a Deus na paz de teu ser cheio de gratidão e confiança.

5º – Não repitas os pecados de teu pai, e nem te solidarizes com a infelicidade de tua mãe. Antes, melhora-os em tua vida, andando por caminhos de paz e alegria, de tal modo que ao ti verem eles vejam que tu os honrastes melhorando-os em tua própria vida. Quem sabe assim ainda haverá cura para eles.

6º – Aprende o contentamento no prazer que é teu, e não busques prazer na companheira ou companheiro de outro homem ou mulher, pois, tal ato não gera prazer, mas apenas medo e desgosto, posto que nenhum ladrão goza das riquezas que roubou, visto que elas carregam vingança em si mesmas.

7º – Não sintas inveja de ninguém, pois o invejoso é ladrão de almas e de bens gerados por um outro; assim, quanto mais busca o que é de outro, menos possui a si mesmo como bem.

8º – Não julgues a ninguém, pois não sabes quais são as verdades que as aparências encobrem; e também para que tal juízo não volte sobre tua cabeça, e ti condene sem apelação.

9º – Exercita teu coração na gratidão e no contentamento, pois é por eles que ficarás livre de toda a cobiça do inferno.

10º – Não te esforces para ti salvares, posto que todo esforço de auto-salvação gera arrogância. Desse modo, apenas aceita que tua salvação está feita, e que aquele que te salva o faz apenas por Sua imensa Graça e Amor. Assim, confia Nele, pois é na confiança que a salvação se faz consumar como bem para o coração.

Segue esses mandamentos com fé e amor, posto que todos eles são amor; e, sem amor, nem eles e nem nada na existência ti trarão qualquer valor ou bem para a vida.

Caio Fábio