jump to navigation

Mandamentos

Mandamentos do Reino de Deus

– Ama a Deus de todo o teu coração, com todo o teu entendimento, com toda a tua alma, e adora-o em espírito e em verdade; e não procures saber com tua a mente como e quem é Deus, mas apenas segue a Jesus, pois eis que Nele Deus está revelado.

– Ama a teu próximo como tu amas a ti mesmo, e faze sempre antecipadamente por ele todo o bem que desejas que façam a ti em qualquer situação da vida.

– Jamais atribuas ao mau ou ao diabo bem nenhum que vejas acontecer na Terra, apenas porque achas que os modos da Graça divina ti são desconhecidos, para que não sejas apanhado infamando as obras do Espírito Santo. Nem mesmo faze tal juízo no segredo de teu coração.

– Santifica Deus em amor em teu ser todos os dias, para que todos os dias sejam Sábado de paz e misericórdia no calendário de teu coração; e, assim, santifiques a Deus na paz de teu ser cheio de gratidão e confiança.

– Não repitas os pecados de teu pai, e nem te solidarizes com a infelicidade de tua mãe. Antes, melhora-os em tua vida, andando por caminhos de paz e alegria, de tal modo que ao ti verem eles vejam que tu os honrastes melhorando-os em tua própria vida. Quem sabe assim ainda haverá cura para eles.

– Aprende o contentamento no prazer que é teu, e não busques prazer na companheira ou companheiro de outro homem ou mulher, pois, tal ato não gera prazer, mas apenas medo e desgosto, posto que nenhum ladrão goza das riquezas que roubou, visto que elas carregam vingança em si mesmas.

– Não sintas inveja de ninguém, pois o invejoso é ladrão de almas e de bens gerados por um outro; assim, quanto mais busca o que é de outro, menos possui a si mesmo como bem.

– Não julgues a ninguém, pois não sabes quais são as verdades que as aparências encobrem; e também para que tal juízo não volte sobre tua cabeça, e ti condene sem apelação.

– Exercita teu coração na gratidão e no contentamento, pois é por eles que ficarás livre de toda a cobiça do inferno.

10º – Não te esforces para ti salvares, posto que todo esforço de auto-salvação gera arrogância. Desse modo, apenas aceita que tua salvação está feita, e que aquele que te salva o faz apenas por Sua imensa Graça e Amor. Assim, confia Nele, pois é na confiança que a salvação se faz consumar como bem para o coração.

Segue esses mandamentos com fé e amor, posto que todos eles são amor; e, sem amor, nem eles e nem nada na existência ti trarão qualquer valor ou bem para a vida.

Caio

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: